Arquivo | abril 2012

Adoçando a vida!

GENTE GENTE GENTEEEE…

 

Acabo de descobrir mais uma gostosura deliciosamente saudável e magrinha!!!! 

Nem preciso dizer que eu AMO doces né? Nossa, coloca açucar até em pedra que eu tô comendo rs. Mas enfim, o fato é que pra gente poder matar essa vontade dos doces temos que apelar pra guloseimas saudáveis e nutritivas. Eu sempre fui apaixonada por barrinhas de cereais, nossa, hoje em dia é uma mais gostosa que a outra! (Digo isso pq na época que eu fazia regime só tinha aquelas com gosto de papel).

A Taeq já é presença garantida no meu carrinho de supermercado, todos os produtos são ótimoooos! Mas dessa vez acho que a marca conseguiu se superar e eu tive que vir compartilhar com vocês!

Acabo de comer uma das barrinhas lançamentoo, de coco, yogurt, creme de limão e chocolate ao leite. Estou maravilhada! Com apenas 73 kcal amores! 

Esses novos sabores foram elaborados com a opinião dos consumidores, foi feito uma votação pela internet e cada um opinava o sabor e os ingredientes prediletos!

CORREEEE PRA EXPERIMENTARRRR! Eu quero todas! rs

Super indico para os lanchinhos e até mesmo pra comer a noite quando aquela TPM aperta, eu por exemplo adoro comer doces antes de dormir. Essas barrinhas são uma luz no fim do tunel! Não podemos esquecer que além de gostosas são ricas em fibras, por tanto elas saciam muito mais a vontade de comer doce.

Mas uma dica: Se você é viciada em chocolate (eu era) e quer diminuir, comece aos poucos ok? Exemplo: Fujaaa de barras de chocolate e caixas de bombons, se quer comer compre apenas UMA unidade, UM bombom ou UMA mini barra, pq o problema do chocolate é que ele vicia e a gente nunca come apenas um. E aí que mora o perigo, comer um chocolatinho não faz mal, mas quem consegue resistir ao próximo?

Beijos lindezasss!

Esta entrada foi publicada em 27 de abril de 2012. 1 comentário

FORÇA!

ÉRIKAAAAA… me enxerguei nas suas palavras!!

É o que eu SEMPRE digo aqui, o melhor estímulo para o emagrecimento são os resultados, impressionante como eles conseguem nos empurrar pra frente, ver o nosso sacrífico ser reconhecido é tão gratificante! Infelizmente nós seres humanos sempre acabamos por sabotar a nós mesmos, desconfiando da nossa força, achando que isso ou aquilo é impossível, que a gente nunca vai chegar lá…infelizmente a maioria das pessoas precisa VER para CRER! Isso acaba prejudicando MUITO, pq algumas pessoas por terem fracassado uma vez acham que vão fracassar sempre, e não é assim. Um regime pode não fazer efeito, assim como o outro pode fazer, não existe regra, depende de nós mesmos, da nossa vontade de conquistar um objetivo. Digo por experiência própria meus amores, perdi as contas das inúmeras vezes que tentei fazer regime e fracassei, abandonei, me culpei, me odiei. Mas não adianta, o que é pra ser nosso ninguém nos tira. E aliás, o mundo dá MUITAS E MUITAS VOLTAS!

Basta querer, basta fazer por merecer. É aquela história: Pra quem tem pensamento forte o impossível é só questão de opinião 😉

Ps: Aguardo seu novo depoimento querida, eu sei que ele virá.

Beijoo ÉRIKAAA!

“Olá Marcela,

Meu nome é Erika eu tenho 18 anos, recém completados!! HAHAH
Bom, há algum tempo eu descobri o seu blog e me impressionei, vi a sua história e me identifiquei, mas claro que tem muitos detalhes que fazem a diferença! Vamos lá…. Eu sempre fui uma criança grande! Nasci pesando 3,400 kg e com 50 cm, normal pra uma criança e etc.. Com 8 meses eu dei uma esticada fora de série e a partir daí não parei mais! Era uma dessas crianças que com 7 parecia que tinha 10, mas isso nunca me atingiu. Sempre fui ‘fortinha’ só que como toda criança eu nunca tinha parado pra notar esse detalhe e ai a adolescência aparece e como todos sabemos nessa fase não tem perdão! 
Eu tinha 11/12 anos 1,60 e pesava 70 kg mas pra mim era normal, eu não era focada em aparência e como sempre fiz dança e esporte meu corpo era mais massa do que gordura. E eu elétrica, não parava de jeito nenhum, parecia um menino. HAHAHAH O tempo passou e toda aquela eletricidade acabou. De uma menina ativa me tornei sedentária e ai os problemas apareceram. Meus pais nunca me pressionaram a emagrecer e coisas do tipo mas sempre me alertaram que o excesso de hoje seria a preocupação de amanhã mas eu não me preocupava com isso… Queria ser que nem as outras que comiam e era magras, porém nunca me dei conta de que tinha o lance da genética. Até então meu corpo era normal. Se tivesse escutado, hoje seria um exemplo de corpo bacana mas enfim, não foi esse meu destino.
Com 13/14 anos onde os hormônios vivem a mil e justamente nessa época eu deveria ter maneirado, comido menos, me controlado eU não o fiz! Tinha 1,68 e pesava 73 kg, Eu tenho uma amiga, e ela é magra sem tendência a engordar já eu era ‘forte’ com tendência, e nós tínhamos muitos trabalhos de escola e a consequência disso era ficar na escola para fazê-los. E nesse período a minha alimentação era sem café da manhã, no lanche era um salgado e almoço/lanche da tarde era refrigerante, um pacote de bolacha, doces (chicletes, chocolates) e no jantar leite e pão (NADA SAUDÁVEL!) e era basicamente isso 4x por semana, só por Deus eu não fiquei diabética ou com outros problemas de saúde. Os problemas não pararam por ai. Eu cresci e o peso aumentou.. Tinha 1,72 e pesava 83 kg ! Não satisfeita em engordar 10 kg eu não parei de comer, na verdade meus problemas aumentaram… Eu ia na casa dela e como ela é magra os doces lá eram comuns coisa que na minha casa não era, porque como meu pai tem diabetes e minha mãe pressão alta, ela não permitia a entrada de doces, refrigerantes e frituras em dia de semana e quando entrava era só de domingo, mas era intercalado, um domingo refri, no outro fritura e assim por diante! E como não era permitido em casa eu comprava na rua.. =S Bom, na casa dela eu faziamos a festa era sorvete com nescau, leite ninho, cobertura, granulado e outras besteiras e consequentemente ganhei mais 10 kg. Eu fui parar nos 93 kg! 
Decidi que era hora de mudar, fui pra academia e me exercitava, perdi 8 kg fui para os 85 mas com tanta gente botando pressão e olho gordo eu acabei desistindo e abri mão! Ganhei os 8 kg que tinha perdido e de brinde mais 3! Eu tinha um plano de 1 ano na academia e não aproveitei, minha mãe ficou indignada porque gastou dinheiro atoa e disse que eu só faria academia de novo se eu pagasse. Naquela altura do campeonato eu tinha 1,72, pesava 96 kg e apertei o F (se é que me entende HAHAHAH). Eu tinha aberto mão de mim, passei a me recluir, não queria saber de me arrumar, vivia de cabelo preso, andava simples, não me maquiava, só usava brinco! =S Época terrível da minha vida!
Em 2010 mudei de escola aos 16, estava no 2º colegial e a insegurança era algo que me assombrava dia e noite só de pensar que viveria todo o terror que já tinha vivido na outra escola! Acho que você deve saber o que é isso! =S Bom.. com 16 anos eu já tinha 1,76, 96 kg e manequim 52! ODIAVA COMPRAR ROUPAAS! As calças não tinham no meu nº.. Era algo raro pra se encontrar, as blusas não entravam, não pela barriga mas pelos seios que eram grandes… Sutiãs só 52/54 e os sapatos, por ser alta eu calço 40, era uma missão impossível de achar. Ou seja pra quem já tinha a alto estima baixa eu passei a achar que as roupas tinham um complô contra mim HAHAHAHA Fui na nutricionista e mandei a real pra ela, disse que não tomava café da manhã, o lanche era um salgado, almoço tinha vezes que não comia porque eu ia dormir (viva cansada pois tinha anemia e não sabia), lanche era leite e pão e não jantava. Ela me passou um cardápio para eu me reeducar e tinha que voltar lá 45 dias depois e com no minimo 2 kg a menos.. O tempo passou e cheguei lá com 2 kg a mais. Ela me perguntou o que tinha acontecido.. Fui sincera.. Eu fiz por 2 semanas e depois parei.. Ela foi curta e grossa… Volte aqui com 4 kg a menos.. Os dois que você já tinha que perder mas os que você engordou! Sai de lá pensando.. ISSO É IMPOSSÍVEL.. Serei gorda pelo resto da vida e bla bla bla, todas as lamentações possíveis eu tinha mas a atitude que era o que eu precisava não!
No ano seguinte, como eu vivia me lamentando para as minhas amigas eu tinha decidido parar e disse pra elas.. DESISTO, SEREI GORDA PRO RESTO DA VIDA! O que elas me disseram com palavras diferentes foi.. “Para de reclamar. Esse tempo todo você só reclamou, você começa e desiste. Não é facil, se fosse todo mundo era magro! Ninguém pode fazer isso a não ser você então para de se lamentar e faça.. Você pode fazer mas ao invés disso prefere reclamar.” Depois desse banho de aguá fria e de ver minha mãe desistindo de mim eu parei e refleti e cheguei a conclusão que não adianta você ter academia, nutricionista e todo o apoio se você põe tudo a perder com comida, eu estou pesando 98.700 ou seja faltam 1.300 para os três dígitos e não permitiria que isso acontecesse, porque daí pra 150 e etc é um pulo e é ai que minha história mudou! Tomei uma decisão com uma dose de vergonha na cara e em 6 meses perdi 15 kg! E mantenho até hoje! Vou contar como… Depois de um ano ganhei uma nova chance pra fazer academia e não desperdicei, eu estudava de manha e ia a tarde e até então ficava naquela de perde dois ganha um, o ponteiro da balança mal se mexia! Aproveitei as férias pra turbinar! Durante 1 mês eu fui todo dia as 5 da manhã fazer aula de bike e musculação! Perdi 6 kg estava com 92! Comentei com uma amiga que nunca tinha saído dos 90 e ela me propôs um desafio.. Em 1 mês perder 2 kg e eu como adoro desafios, aceitei.
Queria acelerar meu metabolismo e cometi a loucura de fazer a dieta da Usp! E na boa.. ELA FUNCIONA! Quase comi a parede mas eu resisti e perdi 4 kg que até hoje não recuperei!! E mantive até o fim do ano! Como você, eu vou pra praia e fico o mês inteiro lá, não faço academia lá mas também não paro.. Vivo andando tanto a pé como de bike, quase não como besteira e voltei pra SP 5kg mais magra. Conclusão nesse periodo eu passei a ser notada, muitos caras começaram a se interessar por mim, fui em uma micareta e fiz sucesso HAHAHA Coisa que achei que não aconteceria pois eu ainda tenho traumas e resquícios do passado, mas estou tentando me livrar! Hoje eu peso 84 kg e continuo na luta para perder mais 10! Como encontrei seu blog minha força de vontade aumentou e eu vou chegar lá! E vou entrar pra história. Quero poder inspirar outras pessoas como você me inspirou! 
Sei que ficou longa mas foi um desabafo com detalhes! Muito obrigada por ter feito a diferença pra mim!! Em breve estarei entrando em contato novamente para contar que perdi os 10 kg que faltam!! E mostrar o meu progresso!! 
Um grande beijo e continue sendo essa inspiração e esse amor de pessoa que você é!! =*”
Esta entrada foi publicada em 26 de abril de 2012. 1 comentário

EXEMPLO!

GEEEENTE do céu, estou sem palavras…sério.

Engraçado que eu recebo tantas mensagens de agradecimento quando na verdade quem tem que agradecer vocês sou eu, é muito gratificante receber tanto carinho e positividade de vocês queridos. Nada disso teria propósito algum se não estivessemos trocando tantas informações, momentos, experiências, dificuldades e conquistas, para o nosso benefício mutuo. Esse é e sempre foi o meu objetivo, enquanto eu sentir que sirvo para contribuir com vocês, estarei aqui firme e forte e conto com a garra de todos para comemorarmos juntos os frutos, ok? Assim como o nosso post de hoje…

Se eu pudesse definir em uma palavra seria essa, exemplo… Eu disponibilizei meu email pra vocês meus amores, não só pra que possamos nos comunicar, mas que esse seja um canal de vocês também contribuirem com o blog, quero trazer pra cá não só o que diz respeito a mim, mas acho que cada história tem que ser exibida com muito orgulho por vocês, por mérito e também pra ajudar tantos outros leitores…tem coisa melhor que oferecer ajuda a quem precisa? As vezes uma simples palavra, um simples conforto é o suficiente…

Trouxe pra vocês o email que eu recebi ontem de uma linda e vitoriosa, que deve estar reluzente ao comprovar os efeitos de sua determinação. Como eu sempre digo, nós somos resultados daquilo que pensamos, não há NADA que não possamos conseguir ou ser, basta acreditar, e NÃO se trata de uma frase feita ou de um simples blábláblá…A mente meus amores, determina TUDO. Eu vou fazer um post semana que vem escrevendo pra vocês em detalhes sobre isso, sobre como minha vida rumou para melhor quando eu aprendi a pensar. No mais, fiquemos com essa história que eu tenho certeza que vocês vão amar, assim como eu amo ver as pessoas vencendo, pessoas que realmente MERECEM!

Beijo no coração de todos e um especial no da Marisaaaa

PS: Quem quiser fazer parte do blog marcela.vitoria@uol.com.br E o bazar vai só até esse fds amores 😉 

“Oi Marcela, tudo bem?

Bom, vim dizer que como outras inumeras meninas que leem seu blog, eu sou mais uma que me inspirei total em você!
O que mais admiro além da sua força de vontade e determinação é ver que assim como todas nós você também passou por muitas dificuldades até chegar no seu peso atual (aliás, você tá uma gata!!)

Bom olha um pedacinho da minha história:
 
Meu nome é Marisa e tenho 18 anos.
Sempre fui gordinha, desde pequenininha, e desde que me conheço por gente estou lutando contra a balança.
Quando tinha 13 anos, já pesava 73 quilos, foi a partir dessa idade que comecei a querer emagrecer a todo custo. Sempre vivi em efeito sanfona, engorda e emagrece, mas nunca cheguei ao meu peso ideal. Quando entrei no ensino médio minha vida mudou completamente, eu estudava em período integral e a ansiedade pré-vestibular tomou conta de mim.Com toda essa presão acabei engordando muito, e cheguei a pesar 85 quilos! Tomei um susto enorme quando subi na balança, me senti completamente humilhada e foi a partir desse susto que eu resolvi mudar de vida. 
Em julho do ano passado (2010) voltei a fazer academia e a dieta, foi um sucesso! Já em dezembro, já havia pulado dos 85 para os 73 quilos, fiquei ótima, mas ainda não tinha atingindo o meu objetivo.
E desde então, estacionei, não consegui emagrecer mais…
E é por isso que resolvi criar um blog, para poder compartilhar a minha luta diária contra o excesso de peso.

Foi ai que vi seu blog, que me encheu de esperanças! Se tu pode, eu também posso! E agora, eu já to com 66 quilos! Uma enorme vitória! Nunca tinha conseguido atingir esse peso desde que me conheço por gente!

 
Eu to enviando em anexo algumas fotos minhas! Espero que você goste 😀
Ps: Quando eu crescer quero ser igual a você!
E obrigada por tudo e muiiiiito sucesso pra sua vida toda!
 
Beijão!”
 

Controlando a gula!

Oi paixõoooes! Tudo bom?

SUPERRRRR obrigada pelo carinho gente, os e-mails de vocês são uma chuva de energias positivas, me sinto imensamente feliz com cada mensagem que recebo!

Mas enfim, hoje eu vim falar dessa danada gula que nos persegue a vida inteira, e que aliás, aumenta MUITO nesse friozinho! Boa parte desse nosso descontrole alimentar acontece por compulsão, ansiedade ou mesmo falta do que fazer rs. Então, vim trazer algumas diquinhas BÁSICAS que fazem TODA A DIFERENÇA! 

 

Já que não tem como fugir da gula, vamos enganá-la…bora?

 

  • Antes de sentar-se  a mesa, tome dois copos d’água, eles ajudam a diminuir a fome “falsa” que sentimos.
  • É bem comum colocarmos no prato comida a mais do que nosso apetite realmente precisa. Além da água, antes de comer o prato principal, sirva-se de MUUUITA salada, folhas e legumes. Eles são ótimos para “forrar” o estômago e diminuir a vontade de comer antes de cair de boca no prato mais pesado.
  • Assim que você fizer o seu prato, que separar o que vai comer, saia de perto da comida! Ou guarde tudo! Limite-se a comer APENAS o que estiver no prato, depois não pense em repetir.
  • Dê preferências a alimentos com fibras, as fibras matam a fome com facilidade! Os integrais, e as carnes fazem com que você coma menos “supérfulos” como frituras, gorduras e etc…
  • Coma DEVAGAR! O cérebro só reconhece que está satisfeito depois de no mínimo 20 minutos, antes disso você pode comer o mundo que ainda vai querer comer mais.
  • Após a refeição coma uma fruta pequena, o doce corta a vontade de comer mais, o nosso cérebro é condicionado a isso.
  • ESCOVE OS DENTES APÓS COMER! Parece brincadeira, mas muda tudo! Quando você escova os dentes, aquela vontade de comer só mais um pouquinho disso ou daquilo desaparece!
  • Distraia-se. Ocupe o tempo livre com atividades prazerosas, que tal ler um livro?
  • Exercite-se! Além de todos os benefícios para nossa saúde física, os exercícios contribuem para a nossa saúde mental e diminuem a ansiedade.
  • Faça pequenas refeições, não fique muito tempo sem comer. Quem fica muito tempo sem comer, quando come acaba comendo além do necessário por causa da fome enorme (eu sempre faço isso rs)

Bom amores, é isso! Comecem com essas pequenas mudanças e vejam como o efeito é super satisfatório e rápido!

Ps: Amanhã tem bazaarrr, separei algumas peças que como eu já disse aqui, eu costumo doar muita coisa no inverno, mas separei algumas peças praticamente novas pra vocês 😉 

 

Minha trajetória…

Bom, primeiro eu queria dizer que estou COMPLETAMENTE feliz com o retorno que estou tendo com o blog, uma idéia que a principio me dava medo, receio das interpretações negativas, hoje cada mais mais me orgulha e me emociona. Tenho recebido e-mails( marcela,vitoria@uol.com.br), telefonemas, inbox, e muito muito carinho de estranhos e conhecidos, gente que se identifica, que se espelha, ou que simplesmente compartilha algo parecido com algum familiar ou amigo. Recebo mensagens lindas, até de mães, de parabenizações, de ajuda, de socorro, e de muita positividade e contribuição! Essa é a ordem por aqui, compartilhar momentos, experiências e conhecimento. Seja no assunto de saúde, bem estar e beleza, como o próprio titulo já diz. (ah vá! rs)

Ontem eu recebi um depoimento de uma mocinha que me emocionou bastante pela faixa etária ser semelhante a minha na época que eu cheguei ao ponto máximo do meu peso. Vou publicar aqui algo muito particular, não só da parte dela mas da minha também pois responderei o email publicamente. Com o intuito de mais uma vez compartilhar e quem sabe tocar alguém que esteja precisando, conto com o respeito de vocês…

“Oi Marcela, tudo bom? 

Meu nome é Isadora e tenho 15 anos, ao rumo de 16 anos.
Encontrei seu blog após procurar algo sobre persistência ao fazer dietas e ao lê-lo achei maravilhoso! Até recomendei para um amigo meu 😀
Bom Marcela, vou contar um pouco da minha história, eu desde sempre fui gorda, desde ao nascer… Bem, assim minha vida foi indo né, quando eu era pequena, eu não saia de casa pois não podia, era um lugar perigoso e assim me tornei sedentária como sou até hoje, e sempre as pessoas reclamam do meu jeito físico, mas assim que li o seu blog decidi dar um outro rumo a minha vida! Mas continuando… vamos supor que eu sempre vivi sem meus pais, quando eu tinha 6 anos eles foram para os EUA e só minha mãe voltou para o brasil e 3 anos depois voltou para os EUA e voltou em dezembro de 2011, e eu sempre morei com a avó e minha tia, e sempre tive vontade de emagrecer, bom, aí foi indo, em 2008 eu fui a uma endocrinologista e com alguns meses emagreci 13 kg, mas depois desisti e engordei tudo de novo e estou assim até hoje :/ Eu vi um pouco das suas fotos e vi sua força de vontade e espero que eu consiga a mesma insistência que a sua, quero ter um peso para meu tamanho. (1,75) 
Peso 95 kg hoje em dia, e não me sinto nenhum pouco bem com isso, meu objetivo é perder 20, mas estou vendo que não é o suficiente, quero 30. Já tentei milhões de dietas furadas, e vi a dieta do leite e começarei nesta terça (10/04).
Se puder contar mais sobre sua história em seu blog ficarei agradecida, com quantos anos mais ou menos você conseguiu emagrecer, quando tomou a iniciativa, quanto pesava, enfim, todo seu período de emagrecimento. Pois bem, desejo tudo de bom à você e que continue determinada! E vou conseguir se Deus quiser, ter o mesmo objetivo que você! Muito obrigada por compartilhar um pouco da sua vida no seu blog e tenha certeza que assim que emagrecer o quanto eu quero, te enviarei fotos e pode ter certeza, você foi uma história de vida que me fez analisar a minha e me fazer tomar essa iniciativa! 
Beijos!”
Marcela: Isinhaa, obrigada pelo contato! No momento estou a assistir um filminho na minha cabeça com tudo o que eu passei, sua história me fez relembrar vários momentos, muitas coisas se assemelham… Muitas mesmo! Por isso posso dizer de todo o coração que eu sei exatamente o que você tá passando. Mas vamos lá, me pediu pra que eu contasse em DETALHE né? Vou tentar…
A minha vida inteira eu sempre fui uma criança magra, bem magrinha mesmo, nunca tive problema com alimentação, nunca tive tendência a engordar. Sempre fui uma criança doce, suuuper ativa e esperta! Em torno dos meus 7 anos, eu sofri um “trauma” familiar que na época eu não tinha consciência, mas que desiquilibrou muito o meu emocional. Comecei a ganhar peso, mas ainda assim não era uma criança obesa. Em dois anos meu pai foi morar fora do país e aí sim eu fiquei imensamente traumatizada, minha familia é algo que eu nem sei te descrever a importância e o significado que tem pra mim, é vital. Fui ganhando peso, até estar literalmente obesa. Me lembro de como isso doía em mim, quem já nasceu obeso não sofre tanto quanto quem engorda, eu penso assim. Eu lembrava de como eu era e olhava para como eu estava e me odiava. Mas como eu ja disse aqui, fazer uma criança emagrecer é muito dificil, criança não tem vaidade nem preocupação com nada, isso era imposto pelos meus pais. E vai desculpar, mas eu sou totalmente contra a imposições, acho que as coisas tem que acontecer naturalmente, pelo menos pra mim. E foi assim que aconteceu…
Após INÚMERAS tentativas de emagrecer, perdi as contas dos médicos que me levaram, das dietas que eu fazia que duravam uma semana, ou até mesmo aqueles nutricionistas que eu pagava a primeira consulta e não retornava nunca mais com vergonha deles verem que eu não tinha emagrecido nada. E por falar em vergonha Isa, nessa fase de pré adolescência é aonde a gente mais sofre com aparência né? As pessoas não perdoam mesmo, eu era a zoada da turma, era uma “gordinha” ( que raiva que eu tinha quando me chamavam de gordinha) e usava óculos de grau… Já quebrei até banco de escola, imagina a cena rs. Eu era aquela “boa amiga” sabe? Que ninguém dava bola, mas que tava o tempo inteiro tentando ajudar as pessoas pra ver se me aceitavam, com o tempo eu comecei a criar amizade com os meninos, era a melhor amiga deles e por muitas vezes servia como “cupido” pra que eles chegassem nas meninas, muitas vezes abria mão de meninos que eu gostava, escondia isso e o ajudava a ficar com outra pessoa. Quando eu digo que sei o que você tá passando, é pq eu sei mesmo… Coisa de nem ter vontade de sair de casa, comprar roupa era uma tortura, tinha lojas que eu nem entrava pq eu sabia que a numeração das calças em lojas “normais” iam até 44, e eu usava 46. A gente se sente um zero a esquerda (ja tomei muito pé na bunda gata), é preciso tirar forças do nada, fazer esse nada virar um tudo, querer com toda a sua força que as coisas mudem, é preciso fazer por merecer Isa, nada cai do céu.
Depois dessa época eu comecei a me “rebelar” rs Brinco que tive a minha fase de “Soy Rebelde” haha. Pintei o cabelo de vermelho e fiz um piercing na sobrancelha esquerda. Pois é, foram muitas fases até eu me descobrir, me encontrar comigo mesma, olhar lá dentro e dizer: Prazer, Marcela!
Enfim…aos 13 anos encontrei um endocrinologista recomendado pela minha avó, fiz vários exames e ele me disse que eu tinha tireóide. Em 4 meses eu perdi 15 kg com ele, me parecia um sonho, eu tomava duas capsulas e comia o que eu quisesse que perdia peso. Achei que estava tudo resolvido! Num belo dia durante o almoço vi a foto do meu médico no jornal da Globo, procurado por abuso sexual em crianças e diploma caçado. Ou seja, essa gracinha nem médico era. Refiz todos os exames em outro médico e ficou comprovado que eu não tinha nada e que pra melhorar a situação essas capsulas que ele me dava eram hormônios fortíssimos proibidos para menores de 18 anos. Ou seja, a partir daí emagrecer teria que ser na raça… É claro que antes disso eu recuperei todos os 16 kg e outros mais.
Em torno de 15 anos cheguei ao auge dos 83 kg para 1,67. 
E foi a partir dos 15 que minha vida começou a mudar… digo isso não pelo fato de eu ter modificado o corpo, mas pelo fato de eu ter modificado minha mente. Como faço de costume, em Janeiro passo o mês inteiro na praia, e foi assim aos 15 anos. Só que por eu estar em uma fase onde a vaidade é enorme, sem querer eu comecei a comer menos besteiras na praia (e aliás, eu odiava praias pq sempre me escondia nas cangas). Mas foi tão automático que eu nem percebi que estava comendo menos. Só sei que quando eu voltei de viagem, TODAS AS PESSOAS me encontravam e diziam que eu tinha emagrecido, isso me serviu como um GRANDE estimulo, daí pra frente eu não parei mais.
Comecei a emagrecer sozinha, eu mesma cortava aquilo que eu achava que devia cortar, entrei pra natação, e ganhei 5 cm. Quanto mais eu emagrecia, mais as pessoas notavam, (nem preciso dizer que nessa época a escola inteira se aproximou de mim né? nem preciso dizer que a “lagarta” aos poucos foi tornand0-se “borboleta”).  Isso me estimulava cada vez mais e mais, cada vez mais eu comia menos besteira, cada vez mais eu queria emagrecer, me enxergava magra, me enxergava dentro das roupas, e quando eu conseguia vestir algo bonito era a sensação de vitória tão esperada que valia qualquer sacrifício! Durante 6 meses foi assim, perdi 15 kg, pra mim era pouco, mas normal pq eu não fazia dieta, apenas me controlava. Resolvi procurar um endocrinologista de Suzano (desculpe gente mas não tenho o contato dele, só lembro que se chamava Raul). Ele me deu uma dieta SUPER rigida onde TODOS os carboidratos, açucares, e gorduras eram proibidos. A unica coisa liberada eram proteinas, frutas, legumes e verduras. Também me receitou cápsulas de ágar ágar e alcachofra. Uma acelera o metabolismo e a outra inibe o apetite.
No natal fiz meus pais comprarem uma esteira elétrica pra mim, e todos os dias corria 5 km (todos os dias MESMO, até aos domingos). O empenho era tanto que em 4 meses eu havia perdido 20 kg. Estava com 57 kg quando retornei ao médico, ele ficou nervoso pq o combinado era que eu chegasse aos 60 apenas. Me obrigou a entrar na academia para ganhar esses 3 kg. Ok né? Só que eu fiquei tão viciada em atividade fisica que ficava cerca de 3 horas malhando por dia, umas 4 vezes por semana. Ao invés de ganhar 3 kg, em três meses eu cheguei aos 49 kg. Estava um esqueleto para quase 1,74 de altura. Ok, meu corpo estava todo rígido e tonificado, mas eu não tinha carne, só peito e quadril (tenho o quadrill bem largo rs). Bom, essa fase eu contei no post aqui no blog “Anorexia, passei perto!”
Eu fiquei compulsiva por emagrecer e não enxergava o meu corpo real, decidi parar de emagrecer por saúde apenas, pq eu sabia que iria acabar doente, mesmo não me achando magra o suficiente. Foi  horrivel, como você diz pra uma pessoa que lutou tanto pra emagrecer, que ela tem que ganhar 10 kg? Mas foi uma escolha, viver com saúde ou não viver. Fiz uma alimentação hipercalórica, focada no ganho de peso mesmo, a academia ajudou muito, ela serve tanto para emagrecer quanto para ganhar massa, tudo depende do foco e da alimentação. Fui ganhando peso, me fortificando, e trantado minha pele com sessões de massagens modeladoras e power shape. Fiz muito Jump (muito mesmo, até desloquei o cox em uma das aulas rs) Mas é ótimo para fortalecer pernas e bumbum!
E foi assim que cheguei ao meu peso atual, sempre em torno de 60 kg, para 1,73 cm, manequim 38, camisa P, 89 cm de busto, 61 cm de cintura, 98 de quadril. Só não falo o rg e cpf pq não lembro no momento hahaha.
MEU PAI DO CÉU, QUE BIBLIA EU ESCREVI! Se você leu isso até aqui, pode ter CERTEZA que vai emagrecer rapidamente, essa foi praticamente uma prova de paciência e persistência, meus parabéns pra quem leu tudo rs.
Bom Isa e leitores, pra terminar… O ser humano infelizmente é um ser racional demais, na maioria das vezes somos condicionados a desconfiar de tudo que foge dos padrões “normais”, por isso que essa história de emagrecer tanto sem remédio e sem cirurgia parece mágica, mas não é, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é. Acredito que somos teimosos demais pra acreditar no invisível, esse é o problema das pessoas que fracassam, elas precisam de provas, precisam ver para crêr. Eu também era assim, precisava que a vida esfregasse na minha cara as verdade para que eu as visse. Até eu descobrir que essa teimosia é uma qualidade quando usada ao nosso favor, e hoje, o fato de eu ter emagrecido não teria importância nem sentido algum se não me fizesse essa pessoa LITERALMENTE TEIMOSA na vida, teimo com tudo, teimo, teimo e teimo quantas vezes forem necessárias, mas eu não paro, não desanimo, pq eu acredito MUITO MAIS EM MIM, do que nos outros, do que no mundo, pq na vida, você pode ser o que VOCÊ QUISER, basta fazer por merecer.
As peças do quebra cabeças estão espalhadas por aí, vai de você ter a paciência de procura-las, a inteligência de encontra-las e a persistência de combina-las. 
Tá dado o recado 😉
Beijo no coração!

Dieta da Sopa do Hospital do Coração de São Paulo

Oi criançaaaaada! Muitos ovinhos por ai????

Hoje eu trouxe mais uma das minhas dietas de emergência, pra quem exagerou, nada melhor que compensar os danos causados pela páscoa e começar HOJE (segunda feira) uma dietinha! Sem desculpas dessa vez!

Essa dieta é legal pq conheço muita gente que já fez, ela chegou até a mim na mesma época da dieta do leite que eu postei aqui pra vocês, lembram-se? http://blogmawarzee.com/2012/02/16/dieta-do-leite-7kg-em-8-dias-sera/

Na época eu optei por fazer a do leite pq eu achei que emagrecia mais, essa daqui você perde em torno de 3 a 5 kg…não vi alguém que tenha perdido menos que isso. Eu nunca experimentei, mas até onde eu sei não pode se fazer nenhum tipo de substituição ok? Retirei ela de uma comunidade do orkut (ha mil anos atrás) e tinha ela guardada aqui comigo.

Como eu já disse na dieta do leite, vou repetir aqui também. Se você tem que perder MUITO peso, ou se você ainda não está em processo de emagrecimento ou não está acostumado com dietas, passe longe dessa ok? Essas dietas muito restritivas eu só indico pra quem já está acostumado, pra quem já está perdendo peso, ou pra quem é magro e quer compensar algum exagero. Por elas serem super restritivas, se você não está acostumado vai sentir tanta fome que no final do segundo dia irá larga-la e comerá TUDO que vir pela frente! Se você quer COMEÇAR a emagrecer, dietas emergências não são o melhor caminho, acredite 😉

E aí, alguém encara?

***** NÃO É MAIS UMA DESSAS DIETAS MALUCAS POR AI, ESSA DIETA TE DEIXA NUTRIDO SEM CHANCES DE FICAR ANÊMICO E OUTROS PROBLEMAS MAIS, USADA PARA PESSOAS QUE POSSIVELMENTE IRÃO FAZER ALGUMA CIRURGIA, PODEM FAZER QUE DA RESULTADO. ************

Dieta da Sopa do Hospital do Coração de São Paulo

Receita da Sopa de Repolho
Existem inúmeras variações na receita da sopa para essa dieta, abaixo, uma das versões mais comuns:
Ingredientes:
• 1 repolho inteiro, cortado ou picado
• 2 cebolas grandes
• 2 latas de tomate em lata, sem pele, picados
• 2 pimentões
• 4 ramos de salsão
• 1-2 pacotes de sopa de cebola em pó
• qualquer tipo de ervas a gosto (cheiro verde, manjericão, etc..)
• 6 cenouras
• 250 gramas de ervilha torta

Corte os legumes em pequenos pedaços, pique o cheiro verde e as folhas de salsão. Salpique mais de aipo pondo tudo junto numa panela bem grande com água e os tabletes de legumes, sal e pimenta do reino. Cozinhe em fogo alto, deixe ferver, baixe o fogo deixando os legumes cozinhar.

OBS: Esta sopa queima calorias, quanto mais se ingere, mais se perde peso. Pode ser tomada a qualquer momento do dia, sempre que tiver fome.

Acompanhamento:

1° Dia:
Coma todas as frutas que desejar, exceto banana e abacate. Tome a sopa pelo menos 2 vezes ao dia; beba chá, suco de uva (sem açúcar) e água à vontade.

2° Dia:
Pode comer todos os legumes frescos que desejar (cru ou cozido) pode comer verduras a vontade. No jantar, se quiser, comer uma batata grande cozida com manteiga. Tome a sopa sempre que desejar.

3° Dia:
Coma frutas e legumes à vontade, exceto batata, tome a sopa pelo menos duas vezes ao dia.
Obs: Se ao final do dia tiver feito tudo que lhe foi recomendado, deverá ter perdido em torno de 2300 a 3200 calorias.

4° Dia:
Coma até 8 bananas e beba copos de leite desnatado à vontade. Tome a sopa pelo menos 2 vezes ao dia.
Obs: A banana e o leite possuem calorias, carboidratos, potássio, proteínas e cálcio que seu organismo estará necessitando neste dia particular de sua dieta. Eles irão diminuir o seu desejo de comer açúcar.

5° Dia:
Hoje você poderá comer de 280 a 400 gramas de carne vermelha ou branca grelhada, com uma porção de tomates frescos e firmes temperados com sal, limão e azeite de oliva. Tome a sopa pelo menos 2 vezes ao dia, beba de 6 a 10 copos de água durante o dia, para eliminar o ácido úrico.

6° Dia:
Hoje você pode comer até 3 bifes grandes grelhados de carne vermelha ou branca acompanhados de legumes cozidos, exceto batata. Tome sopa pelo menos 2 vezes ao dia, beba água, café, chá e sucos sem açúcar a vontade.

7° Dia:
Hoje você pode comer arroz integral, legumes cozidos ou crus à vontade. Tome a sopa pelo menos 2 vezes ao dia. Beba água, café, chá e sucos sem açúcar a vontade.

Resumo: 
Ao final de sete dias se a dieta não tiver sido fraudada, você deverá ter perdido em torno de 7 quilos. Caso tenha perdido acima de 8 quilos, fique fora da dieta durante 2 semanas. depois poderá recomeçar o plano de sete dias.

Esta dieta poderá ser usada com frequência, pois seguindo corretamente as instruções, a mesma limpará seu organismo, o que lhe proporcionará um sentimento de bem estar. É uma dieta de rápida queima de calorias. O segredo é que ela faz com que mais calorias sejam queimadas do que adicionadas em seu organismo.
Esta dieta não permite beber absolutamente nada alcoólico em nenhum momento.

Ingredientes PROIBIDOS:
* Pão
* Bebidas Alcoólicas
* Bebidas gasosas (Refrigerantes comuns e diets, bebidas energéticas)
* Fritura

BEBA MUITA ÁGUA!!!

Amor as câmeras!

E aí moçaaada! Todo mundo com o pé no feriado? hahaha

Só eu que vou trabalhar? rs

Bom, resolvei trazer mais um post com um pouquinho do meu trabalho, um pouquinho daquilo que me dá prazer, que alimenta minha alma e dá brilho aos meus olhos!

Arte, arte, arte…seja ela qual for, no bom sentido, é claro! hahaha  Até cozinhar tá valendo!

Quem me conhece sabe a paixãaaao que eu tenho pelas câmeras, pelas lentes… Isso sem falar do amor ao palco, a música, a leitura…

Enfim, hoje eu vim mostrar um pouquinho desse meu namoro com as câmeras, seja atuando, apresentando ou até mesmo brincando de modelar.

Essas são algumas fotos de trabalhos que fiz recentemente, campanha de uma marca de cosméticos para cabelos.

Por ultimo a gravação que realizei essa semana no Club Loft 2.0 (Só tô colocando aqui pra vocês verem como eu sou maaaala! Um mês de Inglês nas costas e a pessoa pensa que engana… Nada atrevida né? rs)

Espero que tenham gostado!

Bom feriaadoo!! (Juro que nem vou comentar sobre os ovinhos de páscoa ok? rs)